Doce vida

(Lob„o e Bernardo Vilhena)

Os meus olhos perambulam
No seu rosto
Te namoram
Que brincadeira
Doce brincadeira
Os seus olhos perambulam
No meu rosto
Curto muito
Que brincadeira
De dia,de noite
Nos sonhos da tarde
… bom demais
Momentos, na cama
No carro, na praia
Em qualquer lugar
Em qualquer lugar
LŠ bem longe
Brincadeira, no seu rosto
O seu brinco, sua boca
Eu levanto
Seu cabelo
Lentamente
Pouco a pouco
Doce da vida
Doce brincadeira