Conversa de Japi

(Danilo Caymmi e Manu Lafer)

Eu quero ver de um em um,
Lugar onde parente foi morar,
Em tronco, em copa alta, em buriti
O fim da minha vida ver Japi

Eu vou parar para escutar o seu tupi
Ouvir conversa mole de Japi
Que nenhum japi monopoliza
Cantando sempre o mesmo som,
Que um outro interrompe ao plagiar
Coral igual, canoro e natural
Varia, a cada aldeia do meu rio

Arremeda ventre do Japi
Amarelo e negro pra cobrir
Ali, ali, pena do Japi (bis)