Cedotardar

(Moacir Albuquerque e Tom Z)

Escute um trecho em RealPlayer com Bete Calligaris

Tenho no peito tanto medo, cedo
Minha mocidade arde, tarde
Se tens bom-senso ou juzo, eu piso
Se a sensatez voc prefere, me fere
Vem aplacar esta loucura ou cura
Faz deste momento terno, eterno
Quando o destino for tristonho, um sonho
Quando a sorte for madrasta, afasta
No, no isto que eu sinto, eu minto
Acende esta loucura, sem cura
Me arrebata com um gesto, do resto
No fale amor no argumente, mente
Seja do peito que me di, heri
Se o seu olhar voc me nega me cega
Deixe que eu aja como louco, que pouco
No mais horroroso castigo, te sigo